• Adilson Domingos

Seguro auto alagamento: como não perder a indenização?

Atualizado: 22 de Abr de 2019



Todo ano, o calor do verão, aliado a outros fatores climáticos, promove a formação de fortes tempestades no Brasil. Os resultados são ruas inundadas e muitos prejuízos para os cidadãos. Em São Paulo, por exemplo, em menos de 2 horas, a chuva deixou várias regiões debaixo d’água. Diante disso, muitos motoristas ficam preocupados com a cobertura do seguro auto alagamento.


Afinal, essa indenização protege o veículo contra os prejuízos causados por uma inundação? É possível perder essa cobertura? Preparamos este artigo para esclarecer esses e outros questionamentos sobre o seguro auto alagamento. Acompanhe!


Como funciona esse tipo de seguro?


Antes de adquirir uma cobertura, é importante diferenciar três tipos de desastres (enchente, alagamento e inundação), pois são proteções distintas que nem sempre são adicionadas automaticamente em um contrato.


Entende-se por enchente, o aumento do nível da água nas ruas e avenidas devido a chuvas intensas. Já o alagamento, acontece quando o sistema de drenagem das galerias de esgoto acumula água por causa de um entupimento. Por fim, a inundação refere-se ao transbordamento dos rios em virtude de cheias periódicas.


Abordaremos aqui a segunda hipótese: o alagamento. Essa cobertura protege o automóvel que ficou submerso totalmente ou parcialmente na água. Quando resgatado, o veículo é levado para uma oficina credenciada pela seguradora e será feita uma vistoria.


Se for possível reparar os danos, a seguradora aprova o conserto e aponta o prazo para a finalização dos serviços. No entanto, se os prejuízos somarem gastos que ultrapassam 75% do valor do veículo, a seguradora considera perda total.


Em que situações o seguro auto alagamento pode ser negado?


Nas cláusulas contratuais há uma norma chamada “agravo de risco” que é um impeditivo a cobertura do seguro auto alagamento. Enquadra-se nessa condição o motorista que de propósito atravessa uma área alagada ou deixa as portas do carro abertas facilitando a entrada da água no veículo.


Em resumo, a seguradora entende que o motorista assumiu o risco e repassa a responsabilidade da cobertura dos danos. Mas como a corretora descobre se houve ou não agravo de risco? É feita uma investigação com base nas imagens de câmeras de segurança da região e depoimentos de moradores ou testemunhas.


Por outro lado, diferente do que alguns pensam, abandonar o carro para sair da área alagada não configura agravo de risco. Contudo, existe uma situação que impede a restituição dos prejuízos em alagamentos: quando o segurado deixa o carro parado na rua, embora tenha informado no contrato que sempre o estaciona em uma garagem.


Como receber essa indenização?


Quando o segurado se torna uma vítima de enchentes, o melhor a fazer é procurar um local seguro. Então, é preciso seguir alguns passos para receber a indenização pelos danos.


Vejamos quais são:


• faça o boletim de ocorrência (poderá acessar o site da Delegacia Virtual);

• comunique o sinistro para a seguradora;

• envie fotos do veículo;

• solicite um guincho;

• agende a vistoria do carro;

• leve o automóvel para uma oficina credenciada.


O que é a cobertura compreensiva?


A cobertura compreensiva é a mais indicada para os casos de alagamentos. Uma vez que é um seguro total ou completo e protege também os danos causados por:


• colisão;

• furto;

• incêndio;

• roubo;

• raios;

• granizo;

• quedas de árvores;

• quedas de barreiras;

• explosão;

• capotagem etc.


Ao contratar esse tipo de apólice, o segurado fica tranquilo contra qualquer outro sinistro que ocorra em virtude da tragédia de um alagamento.


Como evitar prejuízos com alagamentos?


É claro que o melhor a fazer é evitar a terrível experiência de ficar submerso em um alagamento. Mas como livrar-se dessa situação? É essencial que tome alguns cuidados preventivos. Por exemplo:


• nunca tente atravessar com o carro em uma área alagada;

• em uma chuva forte, fuja das ruas e avenidas conhecidas como pontos de alagamento;

• se for surpreendido pela enchente, tente levar o carro para um local mais alto do que o nível da rua, estacione e espere a chuva passar.

• caso a água comece a subir e a entrar no veículo, desligue-o imediatamente. Desse modo, impede-se prejuízos maiores com o motor;


De que forma uma boa seguradora pode ajudar?


Sem dúvida, o suporte da seguradora é essencial para a tranquilidade do segurado envolvido em um alagamento. Por isso, a escolha da empresa precisa ser feita com base em uma pesquisa cautelosa. Na hora dessa decisão, pesquise a reputação da corretora de seguros na internet.


Atualmente, as redes sociais revelam comentários negativos ou positivos sobre empresas e os seus serviços. Outro fator a ser levado em consideração é o credenciamento da seguradora no órgão oficial da Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) que regulamenta a área de seguros.


Além disso, acesse o site e o blog da corretora em busca de informações sobre os serviços oferecidos, parceiros de negócios e depoimentos de clientes satisfeitos. Daí, analise os preços e as condições de pagamento dos seguros.


Essa etapa não será difícil, pois quando a seguradora preza pela transparência no relacionamento com o cliente, essas informações são apresentadas de modo claro no portal virtual corporativo.


Outra boa prática é a facilidade no contato com o cliente. Uma empresa eficiente disponibiliza a interação por chat, e-mail ou telefone, e preza pela rapidez no retorno de uma solicitação feita por um possível cliente. Esse é um bom indicador sobre o tipo de atendimento oferecido pela corretora em situações emergenciais como os alagamentos.


Por fim, verifique a experiência da corretora. Existem empresas que estão no mercado há mais de duas décadas e já passaram por todos os tipos de situações envolvendo segurados. Com certeza, uma seguradora desse nível conduzirá bem um processo de requisição da cobertura de um seguro auto alagamento.


Esperamos que nunca fique no meio de uma rua alagada, mas caso isso aconteça, temos certeza de que este artigo ajudará você a saber lidar com a situação. O melhor é ter uma boa seguradora e esperar com tranquilidade a tempestade passar.


O que achou de nosso artigo? Entendeu como o seguro auto alagamento protege o seu carro em dias de chuva forte? Mas e nos casos de batida de carro, você sabe o que fazer? Confira as nossas dicas profissionais!




152 visualizações
  • Brasão_do_estado_de_São_Paulo
  • Órix Brasil Seguros
  • Orix Brasil Seguros Facebook

Rua Dr. Renato de Andrade Maia, 1325 - Parque Renato Maia, Guarulhos - SP - CEP: 07114-000. Atendemos em todo o Brasil.

Atendimento de 2° a 6° das 09:00 hs às 17:30. Somente não atendemos em feriados nacionais. Órix Brasil Seguros Ltda.

Todos os direitos reservados. O uso do site da Órix Brasil Seguros Ltda - CNPJ/MF n.º 02.099.657/0001-83, é sujeito às regras descritas no termo de uso e na politica de privacidade. A Órix Brasil Seguros atua em estrita observância à legislação securitária. Registro SUSEP n.º 05972610329061.