• Adilson Domingos

O que fazer ao bater o carro? 5 Dicas Profissionais


Uma batida de carro ocorre em questão de segundos pegando os motoristas de surpresa. Mas o que você deve fazer ao bater o carro? Quais são os passos para resolver a situação de forma pacífica e racional? Neste artigo, apresentaremos dicas profissionais comprovadas pela área de seguros. Confira!

Como reagir diante de uma batida de carro?

De acordo com dados do Centro de Pesquisa e Economia do Seguro (CPES) divulgados pelo site Agência Brasil, em um semestre, mais de 19 mil pessoas se envolveram em acidentes de trânsito. Por mais triste que seja a realidade, ninguém está livre de vivenciar o trágico imprevisto de bater o carro. A seguir, daremos um passo a passo de como proceder diante dessa situação.

1. Ligue para a seguradora

A primeira atitude é ligar para a sua seguradora. Afinal, os profissionais de seguros poderão dar orientações sobre como proceder em batidas com perdas parciais, totais ou em terceiros. Por exemplo, o condutor será informado sobre a necessidade de tirar fotos dos veículos, dos danos decorrentes do acidente e do local.

A seguradora exigirá o preenchimento de um documento chamado “aviso de sinistro”.


Em seguida, o segurado encaminhara para corretora.

  • o boletim de ocorrência;

  • o CPF e o RG;

  • a carteira de motorista e o documento do carro;

  • caso o veículo seja financiado, o documento de compra e venda;

  • o comprovante de residência.

Outro detalhe importante é pegar os dados do outro motorista, se possível, os das testemunhas que viram o acidente também. Em batidas mais graves, caso o segurado esteja consciente, serão passadas informações importantes como ligar para uma ambulância ou hospital.

2. Sinalize o local

É essencial que, se possível, o local da batida seja sinalizado. Do contrário, novos acidentes podem ocorrer, em especial nas vias expressas das cidades e estradas sinuosas. Já houveram casos em que a falta de sinais visíveis resultou em uma segunda colisão e ocasionou a morte dos motoristas.

Para evitar isso, posicione o triângulo de segurança automotivo a uma distância de, pelo menos, 30 metros. Além disso, o pisca-alerta do carro precisa ser ligado. Inclusive é uma ação obrigatória, segundo o artigo 251 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), passível de multa é considerada uma infração média (4 pontos na carteira).

3. Retire o carro

Há situações em que os carros envolvidos em uma batida permanecem no meio de uma avenida ou rua obstruindo o trânsito. Em alguns casos, quando há feridos, é necessário a ajuda de uma equipe médica na remoção dos envolvidos, para então, os carros serem retirados.

Algo que pode impedir a movimentação dos automóveis é a gravidade dos danos. Por exemplo, nas perdas totais, é difícil remover os carros da pista sem o auxílio de um guincho. Fora essas situações, o motorista precisa desbloquear o trânsito. Se não for possível ligar o automóvel, empurre-o para o acostamento.


Na hipótese de existir algum impedimento na remoção dos automóveis, para aqueles que têm um seguro de carro, a orientação é ligar imediatamente para a seguradora solicitando um guincho. Em contrapartida, os que não possuem esse tipo de proteção precisam contatar a administradora da rodovia (quando é privatizada) ou o órgão público responsável.


Nesse último caso, se estiver em uma rodovia federal, é necessário ligar para o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (DNIT). Já nas vias estaduais, o Departamento de Estradas e Rodagem (DER) responde as solicitações, e nas municipais, a ligação será para o Departamento de Trânsito da Prefeitura.

4. Faça um boletim de ocorrência

Por vários motivos, o documento chamado boletim de ocorrência (BO) é extremamente necessário em uma batida. Por exemplo, ele é obrigatório quando há vítimas no acidente, mesmo com ferimento leves. Essa regra está especificada no artigo 176 do CTB, que apresenta também as penalidades quando não é feito do BO. Uma delas é a suspensão do direito de dirigir.


Outra razão para registrar a batida é apontar quem foi o responsável. Desse modo, a vítima terá um documento oficial para reclamar na justiça quando o prejuízo não for ressarcido conforme o combinado. Por isso, evite a simples atitude de apenas anotar o telefone do responsável pelo acidente para depois entrar em contato para acertar o valor dos danos.

Muitos que fizeram isso nunca receberam os valores. Alguns ficam com receio de fazer o BO por causa da espera pela presença policial. No entanto, é possível registrar o boletim de ocorrência pela internet quando não há vítimas, mas apenas danos materiais. Para isso, é preciso entrar no site da Delegacia Virtual do estado no qual ocorreu o acidente.


Existe ainda um terceiro motivo para fazer o BO: é uma exigência das seguradoras. Do contrário, não haverá indenização parcial ou integral do seguro. Portanto, se a batida resultou em danos pessoais ou a terceiros, registre o ocorrido oficialmente por meio do BO.

5. Permaneça no local

Nunca abandone o local da batida, pois essa omissão infringe o artigo 305 do CTB. Por ser um dispositivo constitucional, essa atitude configura crime e a penalidade pode ser de até um ano de detenção. Diante da lei, quem foge do lugar no qual aconteceu o acidente, o fez para driblar a responsabilidade penal e civil.

Por outro lado, a justiça não considera crime quando o motorista precisa deixar o local para proteger a sua integridade física. Como quando há o risco de linchamento ou ameaça de roubo e furto dos pertences dos motoristas.

De fato, são muitas etapas que sucedem a uma batida de carro. Quer mais uma dica? Tenha o auxílio de uma empresa de seguros especializada. Dessa forma, todo o processo fica mais fácil e você terá a segurança de deixar os assuntos nas mãos de profissionais que têm experiência com sinistros e outros aspectos que envolvem o seguro.

Gostou de entender o que fazer ao bater o carro? Então, vamos te ajudar a encontrar a melhor corretora de seguros com algumas dicas simples. Boa leitura!



152 visualizações
  • Brasão_do_estado_de_São_Paulo
  • Órix Brasil Seguros
  • Orix Brasil Seguros Facebook

Rua Dr. Renato de Andrade Maia, 1325 - Parque Renato Maia, Guarulhos - SP - CEP: 07114-000. Atendemos em todo o Brasil.

Atendimento de 2° a 6° das 09:00 hs às 17:30. Somente não atendemos em feriados nacionais. Órix Brasil Seguros Ltda.

Todos os direitos reservados. O uso do site da Órix Brasil Seguros Ltda - CNPJ/MF n.º 02.099.657/0001-83, é sujeito às regras descritas no termo de uso e na politica de privacidade. A Órix Brasil Seguros atua em estrita observância à legislação securitária. Registro SUSEP n.º 05972610329061.